Carregando...

5 dicas essenciais para administrar as finanças como freelancer de fotografia

Gestão e estratégia

Se você fotografo freelancer, sabe que um dos grandes desafios da profissão é administrar as próprias finanças. Isso porque além de fotógrafo, é também o administrador e o marqueteiro do próprio negócio! Determinar preços, traçar o plano de lucro, cuidar dos investimentos e divulgar o que faz… Pensar em tudo não é nada fácil. Por isso,  preparamos algumas dicas que ajudam a obter mais rentabilidade e menos dor de cabeça enquanto faz aquilo que ama:

 

1. Faça um Plano de Negócios

Fotógrafos gostam de criar, pensar na luz, no conceito, no melhor ângulo, mas gerenciar a vida de freelancer exige que você tenha também habilidades de um administrador. Calma, antes de sair por aí descabelando, saiba que não é um bicho de sete cabeças. Você não precisa ser o melhor gestor do mundo, mas precisa do básico para crescer. Começamos com a criação um Plano de Negócios, afinal, você precisa pensar como uma empresa, e não como um funcionário de uma.

O documento é simples e contém basicamente, informações sobre o mercado, objetivos do seu trabalho, riscos, investimentos, custos e estratpegias. Nada que você não saiba ou não consiga pesquisar.

Itens que não podem faltar no seu plano:

  • Objetivos: Onde você quer chegar?

  • Segmento: Qual se público e o diferencial do seu trabalho?

  • Projeção de sessões e de vendas: determine uma média de sessões que prevê por ano.

  • Orçamento: Quanto você está disposto a gastar inicialmente ou qual o financiamento total que já tem para o negócio?

  • Planejamento de marketing: Como você irá divulgar seu portfólio? Quais ações serão realizadas para essa divulgação? Qual o custo disso?

  • Custos e lucros totais: Faça as contas de todos os gastos para o primeiro ano, assim como quais serão os lucros nesse período de acordo com seu plano de sessões.

Na internet, existem muitas opções de templates e modelos de plano de negócios. Escolha o que mais se adequa para o seu trabalho e mãos à obra!


 

2. Seja realista

Os custos são uma parte muito importante do seu plano de negócios. Ao inserir os gastos com locação de equipamentos e estúdio, seja realista. Lembre-se de que  a ideia não é listar os equipamentos dos seus sonhos. Mencionar aqueles que sejam essenciais e que possa atender inicialmente às demandas do trabalho e que não aumentem muito as suas despesas.

 

3. Determine todos os custos antes de aceitar um trabalho

Uma das maiores dificuldades de um fotógrafo freelancer é determinar o preço do trabalho. Antes de aceitar um job, tenha a certeza de que listou tudo o que precisa para executá-lo. Muita gente se esquece de inserir o desgaste do carro e os gastos com gasolina, por exemplo. Tudo que você gasta deve estar previsto no preço final!

 

4. Não contrate pessoas enquanto não puder pagá-las

Se o seu negócio está bombando e você já não está dando conta, provavelmente já cogitou em contratar um outro profissional para ajudar. Antes de fazer isso, tenha a certeza de que está andando sozinho e que seus lucros vão continuar rendendo o suficiente com mais um profissional ao seu lado.

Para os iniciantes, a dica é ralar o máximo possível e contar com a ajuda de conhecidos e até familiares quando puder. Quando o seu negócio crescer, talvez seja hora de abrir algo maior e, aí sim, estruturar uma equipe.

 

5. Marketing também é investimento

Atrair clientes não é nada fácil em um mercado competitivo como o da fotografia. Faça o que puder, dentro do seu orçamento, para divulgar o seu trabalho suado. Entenda que esse investimento pode levar tempo para dar retorno. Porém você também pode usar formas de divulgação com baixo ou nenhum custo, como enviar trabalhos para espaços como, restaurantes, cafés, ambientes corporativos e até investir em aparecer no Google e nas redes sociais.

Já deu pra perceber que o plano de negócios é o centro de tudo. Com certeza, a sua vida será bem mais fácil com ele. A cada ano, atualize esse planejamento e aproveite para pensar em uma aposentadoria a longo prazo. Você também merece, não é mesmo?

Junte-se aos 24791 fotógrafos que optaram por receber nosso conteúdo exclusivo em seus e-mails (é gratuito)!
Quero receber a newsletter!
Saiba mais sobre o GreatStudio
A missão do GreatStudio é criar e manter sistemas que venham a resolver problemas reais
dos fotógrafos e estúdios de fotografia,
estabelecendo uma parceria de longo prazo
para ajudá-los a alcançar seus objetivos de forma mais rápida e descomplicada.
2014 - 2019 © - Sistema para fotógrafos e estúdios de fotografia