Carregando...

Como fotografar alimentos?

Dicas

Com a febre do Instagram, virou moda tirar e publicar as famosas selfies, fotos do dia a dia com seus amigos e especialmente do que se está comendo. E com as câmeras de smartphones cada vez mais poderosas, todos se acham fotógrafos profissionais, mas para tirar fotos realmente apetitosas não bastam apenas alguns megapixels, tem que ter técnica. Quer saber as manhas para as fotos darem água na boca? Então confira nossas dicas a seguir:

Desligue o flash

A luz natural costuma ser a mais agradável para fotografar qualquer objeto, inclusive comida. Procure tirar suas fotos perto de janelas grandes com bastante luz no prato, de preferência com a câmera virada para longe da fonte de iluminação. Se isso não for possível, use bastante luz quente, algo em torno dos 5000k se der, quanto mais próximo da luz natural melhor.

Prepare o cenário

Quando for fotografar criações gastronômicas em geral, lembre-se de que a comida é a estrela da foto. Por isso, use fundos neutros e retire qualquer objeto que possa estar poluindo a cena.

Não é proibido combinar cores e estampas, mas tome cuidado para não roubarem o protagonismo da comida. Na dúvida, madeiras e metais escovados são ótimos para ressaltar a textura dos alimentos.

Mantenha o prato fresco

Se você é daqueles que passa horas clicando para achar a foto perfeita, talvez seja necessário refazer alguns elementos do prato durante a sessão. Isso porque alguns ingredientes perdem o brilho e a beleza em poucos minutos. Alguns exemplos são:

  • queijos derretidos, que endurecem e ficam foscos rapidamente;

  • frutas como maçã e abacate, que oxidam e escurecem;

  • e legumes no vapor, que murcham quando esfriam.

Outros detalhes que precisam de atenção são os recipientes, pois carnes e outras coisas feitas na chapa começam a soltar sucos e gorduras e quando isso acontece, é bom trocar o prato.

Foque nos detalhes

Se o objeto é uma carne grelhada, certifique-se que as marcas da grelha estão bem evidentes, se forem sushis, use poucos e bem arrumados, sem muitos molhos ou condimentos que atrapalhem o visual. Lembre-se que no mundo da fotografia culinária, menos é mais: uma foto muito cheia só serve para distrair o olhar do prato principal, por isso nunca deixe um prato borrado ou sujo estragar sua foto, mantenha tudo limpo.

Use o diafragma bem aberto

O efeito criado com essa técnica mostra exatamente qual é o foco principal do prato e aproveita ao máximo a luz disponível. Se o prato tiver várias partes, como cupcakes ou peças de comida japonesa por exemplo, foque no mais próximo da câmera e deixe o resto desfocar ao estilo bokeh.

Abuse da licença poética

Nem tudo precisa ser retocado no computador. Os melhores filtros são aqueles aplicados antes de bater a foto.

  • Pincele um pouco de óleo ou água para fazer os legumes brilharem;

  • ordene os vegetais de forma que as cores contrastem;

  • use ângulos que favoreçam o tipo de alimento: lateral para comidas com camadas e de cima para as chatas, como as pizzas.

Em último caso, aumente o contraste em um editor de imagens para deixar as cores mais vibrantes e apetitosas.

Gostou das dicas? Conhece outras técnicas para fotografar alimentos? Compartilhe com a gente as suas obras mais suculentas e deixe seu comentário sobre o assunto!

Junte-se aos 24791 fotógrafos que optaram por receber nosso conteúdo exclusivo em seus e-mails (é gratuito)!
Quero receber a newsletter!
Saiba mais sobre o GreatStudio
A missão do GreatStudio é criar e manter sistemas que venham a resolver problemas reais
dos fotógrafos e estúdios de fotografia,
estabelecendo uma parceria de longo prazo
para ajudá-los a alcançar seus objetivos de forma mais rápida e descomplicada.
2014 - 2019 © - Sistema para fotógrafos e estúdios de fotografia